DREAM 58

Sinto algo incômodo no meu pescoço, então coloco a mão na minha nuca para verificar o que é: encontro um enorme besouro. Ele cai do meu pescoço direto ao chão, morto. Novamente sinto o mesmo incômodo e há, agora, outro besouro na minha nuca. Como o anterior, ele logo desfalece ao chão. Assim, milhares de besouros enormes e mortos começam a cair do céu ao chão. Seus corpos mortos e cascudos enchem a rua, de modo que já não é mais possível ver o asfalto e se torna difícil caminhar.

Fernanda

São Paulo

Brasil

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s