DREAM 446

estou me escondendo com me companheire em um hotel vagabundo. estamos transando, ele finge dormir no meio. fico chamando ele pra ele acordar. ele abre os olhos e damos gargalhada. isso se repete. em outro hotel com uma grande janela e cortinas. uma pessoa com um fuzil com a base dos pés bem aberta está no parapeito da janela. saímos de lá. estamos agora em um boteco. pedimos 1 cigarro e um geleca que chega em um pequeno prato. minha mãe sai da cozinha com 1 cigarro também. ela ri. passa por nós e olha pra trás na despedida. penso “não posso esquecer nunca essa pessoa”.

Fernanda campanella carlet

Porto Alegre

Brasil

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s