DREAM 243

Era noite, um lugar escuro, parecia Hulha Negra. Um ônibus com várias pessoas que eu conhecia, a Ivana Bentes estava – toda ocupada, falando no celular, daí eu estava de carro, atrás do ônibus, paramos num lugar que parecia uma aduana de fronteira, eu precisava entregar o passaporte mas não encontrava, o Jorginho , meu irmao de criação, estava lá, ele falava sem parar. O ônibus foi embora mas eu me atrazava e não conseguia ir atrás do ônibus porque não entregava esse passaporte. Eu pensava, o carro vai alcançar o ônibus, até que cheguei a conclusão que não alcançaria mais, acordei sem ter saído de lá.

Fabi Borges

São Paulo

Brasil

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s