DREAM 131

Eu estava numa casa, eu não conhecia muito bem as pessoas, não sei como fui parar lá. Aí tinha um cara que a princípio eu tinha achado meio sem graça, meio feioso, daí eu quebrei o violão dele, sem querer. Ele tinha duas coisas que eu gostei, o malabaris e o violão. Eu acho que peguei os dois juntos, não sei bem, eu só sei que quebrei, derrubei o violão. Daí ele ficou com muito sorrow, muito pesar. E aí ele foi delicadamente tocar e as cordas todas arrebentaram. Ele não teve anger, ele não estava bravo, ele estava triste só. Eu pedi desculpa. Antes disso tinha uma mesa, estávamos conversando sobre viuvez, envelhecimento, estar quebrada. A palavra “quebrada”apareceu com força. Será que eu estou quebrada? Eu perguntei quando alguém no sonho perguntou se eu estava quebrada. Eu estava sentindo muita solidão e sentindo minha mãe sozinha também. Fiquei muito triste de ter quebrado o instrumento musical do moço. Mas comecei achar ele belo de repente, porque não ficou bravo, só triste.

São Paulo

Brasil

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s