DREAM 117

Eu tinha um tipo de drone pra uma pessoa em que tentava voar com ele segurando-o sobre minha cabeça, mas sempre acabava a bateria e tinhamos que aterrisar. Buscava por um cabo que pudesse recarregar para alçarmos novamente voo. Com meu pai, tio e um terceiro tecnico de montagem, montavamos uma exposição de arte audiovisual instalativa e discutiam ideias “do que esta acontecendo por ai”. Deixei o local de exposição e invadi um laboratorio médico para encontrar uma maneira de carregar a energia do drone, e por enfim alcançamos voo até o despertar.

Pedro Diaz

Rio de Janeiro

Brasil

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s